O elefante e seus significados

Culturalmente falando, o brasileiro é um povo que tem uma ligação muito forte com tudo aquilo que tem significado, seja para atrair sorte, espantar o mau olhado e inveja e até mesmo para trazer dinheiro.

Diante disso, qual o significado do elefante?

Elefantes de madrepérola e marfim com ouro 18K.

A resposta para esta pergunta vem da Índia, onde o elefante é um animal venerado.

Um dos deuses mais queridos e populares do hinduísmo – lord Ganhesh, tem a cabeça de um elefante. É considerado o deus que abre os caminhos, afasta obstáculos, protege as casas. Além disso é o senhor do raciocínio prático, da inteligência, do aprendizado, do bom senso e da força.

Para se ter ideia de tamanha devoção, todos os anos, na cidade indiana de Jaipur, é celebrado o Festival do Elefante. Neste evento, os tratadores de elefantes esmeram-se para vesti-los e pintá-los da forma mais bonita, na esperança de ganhar o título de “elefante mais bonito”.

Para nós, o elefante é considerado elemento de sorte e para atrair riqueza e prosperidade. Por este motivo é usado desde a joalheria até a decoração.

Para adornar ambientes, o ideal é que seja colocado de costas para a porta de entrada, pois dizem que é nesta posição que atrai sorte e evita a falta de dinheiro.

E aí vai uma dica: acaricie a tromba do seu elefante toda vez que sentir a necessidade de uma ajudinha extra, ao iniciar seu dia, para trazer felicidade e saúde à todos ao seu redor.

Ah, use sempre elefantes com a tromba para cima!

Anúncios

Joia acadêmica

Toda bela joia, merece uma bela história. E esta daqui não poderia ser diferente.

Esta peça foi feita para uma amiga/cliente que queria simbolizar de alguma forma todas as turmas as quais ela havia sido paraninfa ou professora homenageada ( e olha que até hoje já são 22!).

Desenvolvemos então uma corrente e vários elos de ouro amarelo, branco e rosa, cada um simbolizando uma turma diferente. Além da cor do metal, cada “argolinha” é diferente uma da outra – foscas, polidas, com detalhes gravados etc.

Como ela mesmo entitulou, é uma joia acadêmica. Além de homenagear os alunos, a intenção é que se torne um ritual. A cada formatura será feito um novo elo e o representante da turma o colocará na corrente.

Não posso deixar de dizer que para nós a peça também tem valor especial, já que a primeira argolinha desta corrente, ou melhor a primeira turma foi a minha, de Propaganda em Marketing, em 2004.

Corrente e elos de ouro 18k.

Foto: Heitor José Barbosa

Pingente Materna

O que seriam das joias sem as historias?

E como toda boa história, essa começa assim:

“Era uma vez um casal que viajou de lua de mel pata o Tahiti. Como a paradisíaca ilha da Polinésia Francesa é famosa pelo cultivo de pérolas negras, desde o século XIX, resolveram comprar uma delas para registrar o momento especial.

Depois de algum tempo, ficaram sabendo que estavam “grávidos” e próximo ao nascimento, o futuro papai teve uma brilhante ideia. Por que não utilizar esta data tão especial e fazer uma joia com aquela pérola negra? E é claro, tinha que ser surpresa!

Pensando então em todos os sentimentos que envolvem essas datas, fizemos este pingente que simboliza a prosperidade desta família.

Ah, é claro, e foram felizes para sempre”.

Pingente de ouro amarelo com pérola negra.